terça-feira, 13 de Agosto de 2013

interrupção

pode haver uma interrupção na imagem, na pintura, no cartaz...

pode haver uma interrupção no filme, na estória que me contas em bicos de pés...

pode haver uma interrupção no amor que te tenho até...

só não posso interromper a vida e a urgência de te ter aqui...

quinta-feira, 8 de Agosto de 2013

Untitled


Untitled, originally uploaded by Menina Limão.

a casa fica revolvida
arde a cada dia que não passas por cá!

quinta-feira, 6 de Setembro de 2012


Sleeping Maja, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

não sei se alguma vez conseguirei adormecer inteira...

quinta-feira, 9 de Agosto de 2012


Mother and Son, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

ela trazia-o pela mão e ele só queria que ela quisesse ser sua mãe...

segunda-feira, 23 de Abril de 2012


Cherries, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

existem dias extremos
e noites breves
e entre uns e outros as cerejas
ainda por celebrar a vermelho
a cor quente

sábado, 7 de Abril de 2012


Sleeping Muse, originally uploaded by Arslan Ahmedov.


a half an apple, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

o primeiro sabor veio do caroço
e ao trincá-lo a fome
deixada a meio pela saciedade


Autumn, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

na defesa dos frutos
cavávamos árvores impermanentes
para que a raiz nos confundisse os destinos

ramos a nascer crescentes engrossando troncos, roçando crostas abertas de resinas, deixando condensar o alimento das raízes em ascensão possível

na defesa dos frutos imolamos vidas
por já não sabermos delas o que fazer


august, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

à mesa nem todos os frutos são brancos
nem todas os panos são finos
nem todos os pratos são limpos
nem todas as bocas se saciam...

à mesa... nem todas as mesas são planas
e depois da refeição
nem todas as mesas se limpam...


Psyche, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

domingo, 15 de Janeiro de 2012

"A Prayer"


A Prayer, originally uploaded by Arslan Ahmedov.

quando me perguntam
"o que fazes?"
há sempre um silêncio breve
que antecede a resposta...

há um desencontro muito grande
entre o que faço e eu

ando sempre desencontrada de mim...


(talvez um "não fazer" fizesse algo nos dias que passam por aqui)